[Conto] Uma noite

Os ventos fortes da noite de inverno já haviam diminuído quando Catarina deixou seu livro na mesa ao lado da poltrona que ganhara de sua avó. As luzes da pequena cidade do interior paulista ainda mantinham-se acesas por força de um gerador municipal, que fornecia a iluminação pública. Porém, nas casas, lampiões e velas ainda […]

[Conto] – O Substituto

O relógio já batia 22 horas quando Pedro acordou. Seus pés descalços e totalmente sujos, demonstravam uma longa caminhada, mas suas curtas lembranças não permitiam recordações, a única coisa que possuía era alguns jornais velhos, jogados ao seu lado e um único bilhete, dizendo: Desculpe-me! Pedro olhou para o bilhete, virou-o novamente, mas somente essas […]

[Conto] Cotidiano

– Alô… Alô? Quem está falando??? Pela terceira vez que o telefone tocava e ninguém respondia, deixando Ulysses completamente insatisfeito com o dia que se arrastava para chegar às 18 horas, horário que sua amada chegaria em casa. Aliás, horário perfeito para um jantar romântico para comemorar os seus 7 anos de namoro, data esta […]

O Retorno

Boa noite, dizia Catarina quando se despediu de seus pais. Era tarde e ela precisava voltar pra casa. Apesar da solidão que aquele lugar trazia, sua vontade de morar sozinha era maior que seu desejo de solidão, maior que o medo de deixar seus pais sozinhos, ainda mais na idade que se encontravam; tão grande […]

O Livro (parte 2)

Ainda na porta do prédio, Carlos encontrou Simone, colega de trabalho com quem havia saído algumas vezes. – Carlos? – Olá, Simone. – Não vai trabalhar hoje? – Quem me dera, mas acabei de ser demitido. – Tá falando sério? – Pois é. E isso só por uns atrasos, não pela falta de competência… bom, […]

O Livro (parte 1)

A chuva que castigava sua janela há duas horas, havia cessado, permitindo sossego a seu cão e a si mesmo, pois a tremedeira demonstrada pelo animal era perturbadora, sendo impossível a leitura de um livro, ato que tanto gostava de fazer nessas noites chuvosas. Ele sempre imaginava que o barulho da chuva era convidativo, proporcionando […]

O Escritor

Barulhos de carros entravam pelas aberturas laterais da janela de um quarto fétido e mal conservado. Uma cama embaixo da escada e papeis soltos pelo assoalho demonstravam a preocupação de seu inquilino com a garrafa de whisky, sua eterna companheira. Copos espalhados pelo pequeno cubículo davam a impressão de ter havido uma festa animada na […]

Em seu Tempo

em-seu-tempo

Muitas histórias já foram contadas, poucas percebidas e nenhuma delas foi vivida por este que escreve. Não há pretensão alguma para a narrativa que passo a escrever. Talvez muitos de vocês já ouviram, sentiram, presenciaram ou até achem que essa história não passe de uma brincadeira; de uma loucura de um simples escritor. Mas… o que […]

Conto Inacabado II

Está é a continuação do “Conto Inacabado”, escrito pela Balinha, do blog Bala Salgada. Sem mais delongas… (…) “Ele gostaria que o cigarro não acabasse mais. Existem momentos na vida em que é preciso simplesmente fazer o que se faz necessário, e não o que ser quer. E ele o fez. “O segredo que sua […]

Conto Inacabado

Os tímidos raios de sol banhavam a pequena janela de sua casa. Alguns pássaros cantavam alegres nos galhos secos da antiga árvore que ainda jazia diante do segundo andar da casa. Seu quarto, pequeno, bagunçado como não poderia deixar de estar, separava-o da grande cidade que, lá fora, o intimidava. Teve dias que esse medo […]