E se você pudesse mudar a Bienal do Livro?

e-se-voce-pudesse-mudar-a-bienal-do-livro_corrigidoApós a grande discussão gerada pela péssima experiência que muitos tiveram durante a Bienal do Livro 2012, a nossa leitora, Karla Ariane Ortega, estudante do Centro Paula Souza, nos trouxe um estudo de caso sobre a perda de foco na Bienal – tema abordado no texto “Não vá à Bienal do Livro 2012“.

De uma forma resumida a proposta de mudança para a Bienal do Livro de São Paulo (proposta apresentada abaixo) é bem simples. Karla e suas colegas de turma formularam uma divisão temática* para os dias da Feira, quais sejam:

  • Dois dias voltados para crianças;
  • Três dias para adolescentes;
  • Dois dias para profissões;
  • Três dias para temas livres.

A ideia é bem original e possui fundamento, pois, diante das decepções que muitos sentiram ao visitarem a Bienal do Livro 2012 – veja os comentários – acreditamos ser uma proposta valiosa pois levanta o questionamento sobre a elaboração de um evento desta magnitude. Assim, visando sempre buscar a discussão e o incentivo à leitura, o Folhetim Online gostaria de convidá-los para responder as perguntas que fazem parte do Trabalho de Conclusão de Curso da Karla Ariane Ortega e suas colegas.

Porém, antes que você desça e responda o questionário, tome alguns minutos para ler a proposta abaixo, pois com ela você poderá responder corretamente as perguntas.

* As explicações e aplicações dos dias temáticos estão abordados na proposta abaixo (na íntegra).

A equipe do Folhetim Online Agradece a sua Cooperação.

 

A Proposta

Diversos visitantes demonstraram sua insatisfação, o assunto foi comentado nas mídias e nos corredores da Feira. Fazendo um simples cálculo, logo enxergamos o porquê: – estacionamento, ingresso, lanche e livros com preços compatíveis aos da internet. Ou seja, acaba sendo bem mais vantajoso efetuar as compras dos livros dentro de casa ou no trabalho, ganhando mais tempo e economizando dinheiro. Outro ponto foi a imensa quantidade de pessoas, a dificuldade de encontrar livros do seu interesse, já que os stands estavam realmente superlotados de consumidores. As filas do caixa era outro grande problema, a demora era grande e muitos leitores desistiram da sua compra e saíram da Feira de mãos vazias.

As mudanças neste estudo de caso apresentam um ambiente favorável à leitura, reestruturando o modo com que os livros são apresentados para atrair o interesse dos visitantes, trazer para a Feira todos os públicos, classes, etnias e idades, proporcionando maior visão, tendo a Bienal do Livro separada por “Dias Temas”, focando um público por dia, desta forma o consumidor irá á Feira sabendo que encontrará o tema que lhe interessa e se identifica, assim aumentando as vendas e consequentemente o lucro dos expositores.

Desta forma, buscamos recuperar o real motivo para a realização da Bienal do Livro, que é a disseminação da cultura à leitura, colocando livro na mão das pessoas.

Esta estratégia tem como objetivo tornar a feira mais atrativa, e esta delimitação de público, não visa restringir qualquer pessoa de ir ao evento nos dias temáticos, mas sim uma solução para agradar tanto os visitantes como os expositores, pois permitirá a visitas dos mais variados grupos, desde um grupo infantil de escolas públicas à grandes técnicos-científicos.

Como a Bienal do livro acontece num período de 10 dias a classificação sugerida neste estudo, com base em números divulgados pelo Observatório do Turismo, é de:

  • Dois dias especiais para crianças, com grandes variedades de livros infantis com descontos, atrações de teatros de fantoches, oficina de livros de pintura, apresentações de bonecos, entre outros.

Nestes dias os pais ficarão mais a vontade de levar seus filhos para a Feira, vão com a certeza de que eles irão se divertir, se interessar mais pelos livros e encontrar e fazer novos amigos.

  • Três dias para adolescentes (teens), focando em livros de aventura, tecnologia, games, trazendo atrações musicais, tarde de autógrafos com autores dos livros mais vendidos para esta faixa etária.

O encontro dos adolescentes com outros da mesma idade e interesses irá atrair este público para a feira, estimulando com que eles leiam cada vez mais. Estes tipos de livros tiveram um grande crescimento nas vendas nos últimos anos.

  • Dois dias para profissões, focando no público adulto, interessados em conhecimento para suas carreiras ou hobbies, levando palestrantes, workshops, bate-papo com profissionais renomados.

Geralmente são pessoas muito ocupadas e com grande capital para compra dos livros, ou seja, levar a maior quantidade de temas com agilidade, sem agitações para atrapalhar suas compras. Trocar informações com profissionais da mesma área e até possíveis oportunidades de trabalho.

  • Três dias para temas livres, uma apresentação para agradar toda a família e público de todas as idades, classes e interesses.

Seriam então apenas esses dias no modelo como a Feira se encontra no momento, onde terá pessoas que irão à Bienal do Livro para conhecer o evento sem pretensão pré-estabelecida para a compra dos livros.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/folhe034/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273