[Informativo] Como está a leitura do Brasileiro?

Informativo: Como esta a leitura do Brasileiro?

Segundo os últimos dados levantados pelo Instituto Pró-Livro, o brasileiro ainda está longe de ser um leitor assíduo. De acordo com a pesquisa Retratos da Leitura no Brasil, de 2011, 28% dos entrevistados afirmam que gostam de ler em seu tempo livre, enquanto que essa porcentagem, em 2007, era de 36%.

A situação fica ainda mais alarmante quando observamos a média de leitura anual. Para o ano de 2007, o brasileiro lia, em média, 4,7 livros por ano. No entanto, em 2011, essa média caiu para 4,1 livros por ano, dividida entre livros inteiros e livros lidos em partes. E essa pesquisa incluiu livros de literatura, livros didáticos, periódicos e revistas. Ou seja, se focarmos o estudo somente em livros de literatura, essa média será mais baixa do que o apresentado. Portanto, comparando a leitura do brasileiro entre os anos de 2007 e 2011, a média de leitura dos brasileiros vem diminuindo a cada ano, para a nossa total insatisfação.

Veja o infográfico produzido pela Biblioteca de São Paulo

Há um ano escrevi o post tratando sobre o porquê do Brasileiro ler pouco. Assim, tomando como base os dados apresentados na pesquisa produzida em 2007, concluí que o baixo índice de leitura dos brasileiros está baseado em dois fatores: a questão financeira e a falta de incentivo. Fatores que o Instituto Pró-Livro, em sua pesquisa de 2011, considera como as principais correlações com a leitura:

“Assim como nas edições anteriores, a pesquisa confirma as principais correlações com a leitura: escolaridade, classe social e ambiente familiar. Quanto mais escolarizado ou mais rico é o entrevistado, maior é a penetração da leitura e a média de livros lidos nos últimos 3 meses.”

Desta forma, qual seria a conclusão mais óbvia para a decaída no índice de leitura do brasileiro?

Se levarmos em conta a pesquisa realizada pelo Instituto, provavelmente teríamos que admitir que o brasileiro esteja menos escolarizado, possui menor poder aquisitivo e seu ambiente familiar está decaindo. Porém, será que essa é a nossa realidade?

Não, essa não é a realidade do brasileiro. Entre os entrevistados, a grande maioria forneceu as seguintes justificativas por não ter lido mais livros, sendo elas:

  • falta de tempo (53%);
  • não gosta de ler – desinteresse (30%);
  • prefere outras atividades (21%);
  • não tem paciência para ler (19%);

Diante das justificativas, temos que concluir que o brasileiro não deixou de ler por falta de dinheiro ou por falta de incentivo. O seu problema está no interesse, no gostar de ler. Fatores que diminuíram em relação a 2007, quando a porcentagem dos que não gostavam de ler estava em 23%. Porém, hoje, vemos que 30% dos entrevistados não gostam de ler. Assim, a real pergunta que devemos fazer é: Qual é a causa desse baixo interesse na leitura?

As justificativas apresentadas acima, em nada têm a ver com falta de tempo, outras atividades, paciência ou desinteresse. Quando queremos ler alguma coisa, paramos até o trabalho para “fuçar” no facebook e saber as “novidades”, mesmo que isso leve mais do que 1 hora diária, tempo suficiente para ler, pelo menos, umas 20 páginas de um livro, por exemplo. Portanto, para que o brasileiro aumente a média de livros lidos, não há alternativa que não seja o incentivo próprio. Temos que desenvolver o gosto pela leitura e cativar novos leitores.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/folhe034/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273