Reticências…

Reticências, para muitos, significa a omissão de um pensamento, a conjectura de um suspense ou, simplesmente, a insinuação de algo. Seja qual for o pretendido, reticências são utilizadas para despertar o interesse do leitor, deixando-o mais ávido pelo porvir.

Agora, e se deixarmos por algumas linhas a leitura de lado e colocarmos essas reticências em uma história real?

Nilza Barude, em seu mais novo livro “Reticências…”, lançado na Bienal do Livro de Salvador, não só omite a presença física, mas conjectura suspense e nos diz que o amor incondicional não necessita da presença física para existir.

De uma forma confessional, Nilza conta a história de amor que viveu com Karim, um biólogo descendente de árabes, com o tempo dividido entre pesquisas na Amazônia e Oriente Médio. Um homem com “asas nos pés” e “carregado pelo vento”, como relata Karim, em um dos seus emails. Um homem que deixou para trás um amor repleto de sonhos, dores, desejos e decepções de duas pessoas que, apesar de se apaixonarem, por ironia do destino, nunca se viram pessoalmente.

Karim, sem deixar vestígios, desapareceu, insinuando milhares de opções: Teria morrido? Optou por outra vida? Teria ele medo de se entregar completamente ao amor? Questões que foram omitidas de Nilza, cuja saudade e dor de tudo que, por muito pouco, “quase” viveu, se tornaram “Reticências…”.

Ler “Reticências…” é mergulhar no íntimo de Nilza Barude. É a comprovação de que o amor é um estado de espírito. Ao fechar a última página, fica uma certeza: amar vale a pena, sempre! E foi justamente esse impacto de encantamento que levou a diretora da Editora Livro, Márcia Tude, a apostar no sucesso do projeto.

O livro será lançado ao público no dia 11/04/2012, às 19h
Local: Av. Paulista, Livraria Cultura – Conjunto Nacional

 

 

Ficha técnica:

Livro: “Reticências…”
Autora: Nilza Barude
Editora: Editora Livro
Produção editorial: Márcia Tude
Edição: Ismael Bernardo
Fotografia: Margarida Neide

 

A Autora

Nilza Barude é formada em Filosofia, com curso de extensão em Psicologia pela USP de Campinas, SP. Exerce a profissão de jornalista desde 1970. Em Campinas, escreveu para o jornal Correio Popular e, em São Paulo, atuou na TV Tupi,  TV Excelsior, TV Record, Folha de S.Paulo, entre outros.   Chegou na Bahia((Salvador) em 1976. Atualmente, assina a coluna De Olho na TV, no jornal Tribuna da Bahia. Em 1981, foi convidada pelo saudoso diretor de A Tarde, Professor Jorge Calmon, para participar da criação do suplemento semanal,  Revista da TV, encarte do mesmo jornal, onde escreveu durante 17 anos.  É diretora de jornalismo do portal site maisbahia.com.br. Fez direção, criação e apresentação de programas, de telejornais e de debates, produção de telejornalismo, reportagens, na TVE por 14 anos, e também nas emissoras TV Itapoan, Band Bahia e TV Aratu. Recebeu o título de Cidadã da Cidade de Salvador em 1981. É consultora e assessora em comunicação, palestrante e instrutora de cursos e eventos de Comunicação Empresarial. É também escritora e artista plástica.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/folhe034/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273