[Resenha] O Trono de Fogo – Rick Riordan

“Os deuses do Egito Antigo foram libertados no mundo atual, e desde então Carter Kane e sua irmã, Sadie, vivem mergulhados em problemas incomuns à maioria dos mortais. Descendentes da Casa da Vida, ordem secreta que remonta à época dos faraós, os dois têm poderes especiais, mas ainda não os dominam por completo – refugiados na Casa do Brooklin, que se tornou um local de aprendizado para novos magos, eles correm contra o tempo. Seu inimigo mais ameaçador, Apófis, a serpente do caos, está se erguendo. Se eles não conseguirem impedi-lo, em poucos dias o mundo encontrará um final trágico. 

Para que tenham alguma chance de derrotar as forças do caos, eles precisarão da ajuda de Rá, o deus sol. Despertá-lo, porém, não será tarefa fácil: nenhum mago jamais conseguiu. Primeiro, Carter e Sadie terão que rodar o mundo em busca das três partes do Livro de Rá, para só então começarem a decifrar seus encantamentos. E, é claro, não podemos deixar de mencionar que ninguém – ninguém – tem ideia de onde está o deus.”

Orelha do Livro

Resenha

Dando continuidade à série As Crônicas dos Kane, Rick Riordan, famoso pela série Percy Jackson e Os Olimpianos, resolve transcrever a segunda fita enviada pelos irmãos Kane, na qual narram suas aventuras para derrotar o Deus Egípcio do Caos: Apófis.

O Trono de Fogo mantém a mesma temática da Pirâmide Vermelha;  dois adolescentes, Sadie e Carter Kane percorrem o mundo atrás de uma forma de reviver o antigo Deus Sol, Rá, mas são surpreendidos por outros deuses que tentam atrapalhar seu caminho. Porém, a diferença entre O Trono de Fogo e a Pirâmide Vermelha é que os irmãos deixam de ser aprendizes para se tornarem professores. Em sua primeira aventura, os irmãos Kane desconheciam o caminho dos deuses, assim como não tinham ideia de que eram magos poderosos, no entanto, após lutar com Seth, os adolescentes passam a controlar com maior naturalidade as magias do egito antigo, permitindo que se tornassem professores de jovens magos que responderam ao chamado do primeiro livro. No entanto, confesso que O Trono de Fogo não me chamou a atenção quanto A Pirâmide Vermelha.

A magia, a mitologia e as histórias sobre o Egito Antigo, assim como os desentendimentos entre os irmãos Kane, ainda são os pontos altos do livro, despertando curiosidade a cada página. Porém, não sei se foi a “novidade” do primeiro livro, ou se a história do segundo é muito parecida, tive a impressão de que o Autor se limitou ao feijão com arroz, isto é, mantendo a mesma esperança para as últimas páginas e, quando a chegamos lá, uma decepção.

Como dito na resenha da Pirâmide Vermelha, o primeiro livro me impressionou por ter sido o primeiro, mas, O Trono de Fogo deixou muito a desejar. O livro começa com um baita suspense, cheio de intrígas e uma enorme esperança para que os irmãos consigam despertar o Deus Sol em 5 dias, caso contrário, o mundo seria destruído por Apófis, o Caos, aprisionada por Rá há milhares de anos. Ou seja, você acredita que despertando Rá, a batalha será vencida sem muita dificuldade, mas, como no primeiro livro, o final é decepcionante (não vou contá-lo, claro). Ficamos com a ideia de que o final será surpreendente, mas, como no tomo anterior, a batalha final é contada em 10 páginas, de forma simples e sem muito estardalhaço, como haviam previsto, deixando a expectativa para um próximo capítulo. Ou seja, mais parece uma réplica da Pirâmide Vermelha, porém, com uma outra roupagem, tendo vilões diferentes e uma outra trama, não dando a ideia de que é uma continuação.

Houve horas em que os irmãos Kane pareciam saber de tudo (haja intuição): como destruir objetos, chegar a lugares onde nenhum outro humano chegou, percorrer terras onde somente Deuses seriam capazes de andar. E isso tudo somente os irmãos Kane é que podem. – Sério, o que há de tão especial nesses dois irmãos? Essa resposta o Autor não dá! – A impressão é que os Deuses do Egito Antigo, perto dos irmãos Kane, são insignificantes – desculpem-me os que gostaram, mas um Deus é um Deus, não um brinquedo para os humanos.

Mesmo não sendo o público alvo (literatura infantojuvenil), acredito que o livro mais parece uma prolongação de uma pequena história, que decidiram aumentá-la para abocanhar novas vendas. E, só para deixar claro, li o livro porque já havia lido o anterior e gostaria de saber como a história terminaria; portanto, vou ler sua continuação, caso exista. Enfim, vou parar de ser velho e deixar vocês decidirem sobre a história. 😉

Aproveite a promoção de R$ 29,90, que a Submarino está oferecendo.

O Livro

Título: O Trono de Fogo
Autor: Rick Riordan
Ano: 2011
Páginas: 400
Editora: Intrínseca
ISBN: 978-85-8057-092-2
Comprar


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/folhe034/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273